only search openDemocracy.net

About Reyna Montoya

Reyna Montoya es fundadora y directora ejecutiva de Aliento, una organización de ayuda a los Dreamers. Nacida en Tijuana, México, es educadora y bailarina y reside indocumentadamente en Estados Unidos. Fue Soros Justice Fellow en 2016, Echoing Green Fellow en 2017 y es una de los 30 emprendedores sociales seleccionados por Forbes en 2018.

Reyna Montoya is the founder and executive director of Aliento, an organization inspired by her experience of having her dad detained and of being undocumented in the United States. Born in Tijuana, Mexico, she is an undocumented/DACAmented community organizer, an educator, and a dancer. Reyna was a 2016 Soros Justice Fellow, a 2017 Echoing Green Fellow and is a 2018 Forbes: 30 Under 30 Social Entrepreneur.

Reyna Montoya é fundadora e diretora executiva da Aliento, uma organização inspirada em sua experiência de ter seu pai detido e de ser indocumentado nos Estados Unidos. Nascida em Tijuana, no México, ela é uma organizadora comunitária não documentada / DACAmented, uma educadora e uma dançarina. Reyna foi 2016 Soros Justice Fellow, 2017 Echoing Green Fellow e é uma 2018 Forbes: 30 Under 30 Social Entrepreneur.

 

Articles by Reyna Montoya

This week’s front page editor

Constitutional conventions: best practice

"We Dreamers are like you, and you are like us"

Some 6.5 million undocumented youths and children of immigrants currently living in the United States, the so-called Dreamers, face deportation if Congress fails to reach an agreement on DACA. Interview. Español Português

“Nós Dreamers somos como vocês e vocês são como nós”

Milhões de jovens sem documentos vivem actualmente nos Estados Unidos. Os chamados Dreamers correm o risco de serem deportados se o Congresso não chegar a um acordo sobre o DACA. Entrevista. Español English

"Los Dreamers somos como ustedes, y ustedes son como nosotros"

Unos 6.5 millones de jóvenes indocumentados que viven en Estados Unidos, los llamados Dreamers, se enfrentan a su deportación si el Congreso no lo remedia. Entrevista. English Português

Syndicate content