Print Friendly and PDF
only search openDemocracy.net

Descontentamento político e evolução tecnológica na América Latina

Estamos na presença de um demos, a sociedade politicamente organizada, que se encontra em transformação na América Latina e no mundo, enquanto que a política manteve-se estagnada. English, Español

Movimento #NiUnaMenos no Rio de Janeiro. Alguns direitos reservados.

Este artigo é um extrato de um artigo original publicado no eBook El ecosistema de la Democracia Abierta e pode ser encontrado aquí.

Atualmente, estamos testemunhando uma série de mudanças políticas e sociais, que são parcialmente motivadas por avanços tecnológicos e acesso generalizado à Internet. Estamos em um momento em que tanto os partidos políticos, como os líderes tradicionais e instituições públicas não têm legitimidade social.

De acordo com este contexto, vemos como na América Latina e no mundo, são demonstradas publicamente expressões cidadãs de insatisfação com a política.

Para dar uma visão mais fundamentada desta realidade, neste artigo são apresentados os resultados de um estudo realizado com o objetivo de ter uma visão profunda dos aspectos vitais da democracia nos 26 países que compõem as Américas.

As opiniões de líderes sociais e políticos entre 18 e 40 anos são usadas, levando em consideração suas observações em relação à política, partidos, mobilizações sociais e o papel das tecnologias, entre outros aspectos.

Este estudo compilou dados sobre variáveis ​​como recessão democrática, experimentação política, agenda política e mudanças no paradigma político e participativo.

Entre os resultados mais importantes, encontramos que 43% dos jovens pesquisados ​​no Cone Sul, 60% na América Central, Caribe e Andes e 90% na América do Norte afirmam que seu país é pouco ou não democrático, o que evidencia que, pelo menos, durante as duas últimas décadas, um conflito com as instituições políticas foi criado.

Finalmente, pode-se concluir que, dada a enorme desconexão entre sistemas políticos democráticos e sociedade, é possível enfrentar o surgimento de uma mudança de paradigma político, algo que vai além do que diz respeito à participação política.

Algo que traz consigo a revitalização de diferentes processos vivos e diversas mudanças estruturais profundas que colocam nossas nações de volta aos trilhos.

About the authors

Matías Bianchi is a political scientist with a PhD from the Institute d´Études Politiques de Paris (Sciences Po) and the director of the think tank Asuntos del Sur. He tweets as @matiasfbianchi

Matías Bianchi es un experto en ciencia política y doctorado por el Institut de'Études Políticos de París (Sciences Po) y director del grupo de reflexión Asuntos del Sur.

Cristian León es licenciado en Ciencias Políticas por la Universidad Católica Boliviana “San Pablo” y MSc en Estudios Críticos del Desarrollo del CIDES-UMSA y actualmente investigador asociado en Asuntos del Sur, especializado en en temáticas relacionadas con internet, política, tecnología y sociedad.

Cristian León holds a degree in Political Science from the Universidad Católica Boliviana "San Pablo" and a MSc in Critical Development Studies from CIDES-UMSA, and is currently Associate Researcher at Asuntos del Sur, specializing in topics related to the internet, politics, technology and society.

Cristian León é formado em Ciência Política pela Universidade Católica Boliviana "San Pablo" e MSc em Estudos Críticos do Desenvolvimento no CIDES-UMSA e atualmente pesquisador associado no Asuntos del Sur, especializado em temas relacionados com a internet, política, tecnologia e sociedade.

Antonella Perini es licenciada en Relaciones Internacionales por la Universidad de San Andrés, magister en Relaciones Internacionales Europa-América Latina por la Universidad de Bolonia y  actualmente investigadora asociada en Asuntos del Sur.

Antonella Perini holds a degree in International Relations from the University of San Andrés, a Master in International Relations Europe-Latin America from the University of Bologna and is currently Associate Researcher at Asuntos del Sur.

Antonella Perini é licenciada em Relações Internacionais pela Universidade de San Andrés, mestrado em Relações Internacionais da América Latina pela Universidade de Bolonha e atualmente é pesquisadora associada da Asuntos del Sur.


We encourage anyone to comment, please consult the
oD commenting guidelines if you have any questions.