democraciaAbierta

A evolução e a inovação humana andam de mãos dadas?

A inovação não é uma opção: é uma necessidade - para melhorar o que fazemos e ter um papel a desempenhar no contexto da economia líquida. English, Español

Tomás Díez
25 April 2018
Foto I_15_1.jpg

Fab Barcelona Lab do Instituto de Arquitetura Avançada da Catalunha (IAAC). Na imagem, o artista e designer Olafur Eliasson dá uma palestras à rede fab.

El ecosistema de_32.jpg

Este artigo é um extrato de um artigo original publicado no eBook El ecosistema de la Democracia Abierta e pode ser encontrado aquí.

Ao longo da história, houve múltiplos marcos que transformaram populações, cidades, processos, formas de proceder e até mesmo os modos de interação e relacionamento entre seres humanos.

Se olharmos para trás, podemos ver que o surgimento da agricultura foi um desses marcos que mudou inúmeros hábitos das pessoas e da constituição organizacional das sociedades, eliminando a figura do caçador-coletor e transformando os indivíduos em acumuladores de bens que finalmente conseguiram se concentrar em lugares específicos, que mais tarde se tornaram aldeias.

Isso causou uma mudança drástica; começamos a habitar o planeta de uma maneira completamente diferente.

Por outro lado, a chegada do dinheiro, como forma de troca de produtos e serviços a um nível abstrato, marcou o início de uma nova forma de economia, que se estende até ultimamente.

Neste sentido, algumas questões são geradas em relação às mudanças sociais, econômicas e políticas decorrentes da tecnologia e da internet, como também às relações de poder que existem por trás delas.

No texto, várias variáveis ​​são analisadas e são propostas algumas questões que deveríamos nos fazer em relação a elas, tais como: para que e para quem as tecnologias são úteis? Quem decide o que fazer com elas? Ou, quanto sabemos realmente sobre elas?

Também destaca a necessidade de propor e construir novas formas de usar a tecnologia e a Internet através da participação de indivíduos, comunidades e organizações que desenvolvam caminhos alternativos conjuntamente, com o objetivo de colocar todos esses avanços tecnológicos ao serviço dos seres humanos e do planeta.

Afinal, Barcelona é exibida como uma cidade com um ecossistema perfeito para encontrar e experimentar essas novas ideias sobre a produção nas cidades, de forma justa e transparente, para que elas possam ser replicadas e adaptadas em outras partes do mundo.

Unete a nuestro boletín ¿Qué pasa con la democracia, la participación y derechos humanos en Latinoamérica? Entérate a través de nuestro boletín semanal. Suscríbeme al boletín.

Comentários

Aceitamos comentários, por favor consulte ás orientações para comentários de openDemocracy
Audio available Bookmark Check Language Close Comments Download Facebook Link Email Newsletter Newsletter Play Print Share Twitter Youtube Search Instagram