democraciaAbierta

Descontentamento político e evolução tecnológica na América Latina

Estamos na presença de um demos, a sociedade politicamente organizada, que se encontra em transformação na América Latina e no mundo, enquanto que a política manteve-se estagnada. English, Español

Cristian León Antonella Perini Matías Bianchi
27 April 2018
30461721742_74c5dfc216_b_1_0.jpg

Movimento #NiUnaMenos no Rio de Janeiro. Alguns direitos reservados.

El ecosistema de_34.jpg

Este artigo é um extrato de um artigo original publicado no eBook El ecosistema de la Democracia Abierta e pode ser encontrado aquí.

Atualmente, estamos testemunhando uma série de mudanças políticas e sociais, que são parcialmente motivadas por avanços tecnológicos e acesso generalizado à Internet. Estamos em um momento em que tanto os partidos políticos, como os líderes tradicionais e instituições públicas não têm legitimidade social.

De acordo com este contexto, vemos como na América Latina e no mundo, são demonstradas publicamente expressões cidadãs de insatisfação com a política.

Para dar uma visão mais fundamentada desta realidade, neste artigo são apresentados os resultados de um estudo realizado com o objetivo de ter uma visão profunda dos aspectos vitais da democracia nos 26 países que compõem as Américas.

As opiniões de líderes sociais e políticos entre 18 e 40 anos são usadas, levando em consideração suas observações em relação à política, partidos, mobilizações sociais e o papel das tecnologias, entre outros aspectos.

Este estudo compilou dados sobre variáveis ​​como recessão democrática, experimentação política, agenda política e mudanças no paradigma político e participativo.

Entre os resultados mais importantes, encontramos que 43% dos jovens pesquisados ​​no Cone Sul, 60% na América Central, Caribe e Andes e 90% na América do Norte afirmam que seu país é pouco ou não democrático, o que evidencia que, pelo menos, durante as duas últimas décadas, um conflito com as instituições políticas foi criado.

Finalmente, pode-se concluir que, dada a enorme desconexão entre sistemas políticos democráticos e sociedade, é possível enfrentar o surgimento de uma mudança de paradigma político, algo que vai além do que diz respeito à participação política.

Algo que traz consigo a revitalização de diferentes processos vivos e diversas mudanças estruturais profundas que colocam nossas nações de volta aos trilhos.

Unete a nuestro boletín ¿Qué pasa con la democracia, la participación y derechos humanos en Latinoamérica? Entérate a través de nuestro boletín semanal. Suscríbeme al boletín.

Comentários

Aceitamos comentários, por favor consulte ás orientações para comentários de openDemocracy
Audio available Bookmark Check Language Close Comments Download Facebook Link Email Newsletter Newsletter Play Print Share Twitter Youtube Search Instagram